Notícias

Mais Notícias...

Manual de Estágio

Este Manual de Estágio Supervisionado reúne as principais informações sobre o Estágio Curricular Supervisionado do Curso de Bacharelado em Agronomia e tem como finalidade esclarecer os (as) estagiários (as) sobre os procedimentos que deverão ser realizados, bem como sobre as exigências de desempenho previstas para as diversas atividades que o compõem.

O Estágio Curricular Supervisionado, com um total de 502,5 horas (480 horas de atividades em organizações concedentes de estágio mais 22,5 horas para atividades de estruturação de projeto e relatório de estágio), ofertado no 9º (nono) semestre letivo, visa promover a integração entre a prática e a teoria dos conhecimentos, habilidades e competências desenvolvidas no curso. Além disso, proporcionará situações de aprendizagem em que o (a) acadêmico (a) possa interagir com a realidade do trabalho, reconstruindo o conhecimento pela reflexão prática, desenvolvendo potencialidades individuais e empreendedoras.

O Estágio Curricular Supervisionado poderá ocorrer em Instituições Públicas, Instituições e Empresas Privadas que atuam direta ou indiretamente com atividades inerentes ao setor primário.

Através do Estágio o (a) acadêmico (a) poderá complementar a formação profissional, ética e humanística, desenvolver práticas alternativas atenuando o impacto da passagem da vida acadêmica para o mercado de trabalho.

Conforme o que consta na Lei nº 11.788, de 25 de setembro de 2008, o estágio constitui-se em momento no qual, a partir da permanência do (a) acadêmico (a) em determinado lugar, ele (a) pratica ações do âmbito de sua formação para, após, exercer seu ofício. O estágio supõe uma relação pedagógica entre um profissional em atuação e o (a) acadêmico (a) que está em período de estágio, com o auxílio de seus professores, como orientadores e supervisores.

Os princípios de atuação acadêmica das Práticas e/ou Estágios foram inspirados naqueles que já constituem um patrimônio da humanidade no que diz respeito à Educação e a Ciência. Além destes, a Faculdade Três de Maio – SETREM estabeleceu mais alguns referenciais que servem de elementos basilares para a delimitação mais precisa de suas práticas e/ou estágios.

O conjunto desses princípios, que são o resultado da fusão das diretrizes curriculares e da argumentação sobre a aplicação das mesmas, constitui as Normas das Práticas e/ou Estágios da Faculdade Três de Maio. Servem, também, como ponto de partida e de fundamentação para a atuação orientada pela reflexão crítica, levando à transformação constante e a diminuição da possibilidade de se ter incoerência entre o discurso e atuação, entre a realidade e as versões produzidas sobre ela.

A realização do Estágio possibilitará aos estudantes e à própria Instituição a discussão sobre questões que envolvem os seus objetivos e sobre o perfil do profissional que se busca frente a um mercado de trabalho cada vez mais dinâmico, competitivo, empreendedor e tecnológico.

Todos os aspectos detectados através do estágio servirão para repensar e redimensionar o próprio Curso com relação às novas demandas e avanços da tecnologia no país e na região de influência e atuação do Curso de Bacharelado em Agronomia da Faculdade Três de Maio, mantida pela Sociedade Educacional Três de Maio.

Confira o arquivo completo: Manual de Estágio da Agronomia SETREM